Resumo Diário de Política 11/02/2020: Maia quer evitar contaminação da reforma tributária pela proposta de taxar dividendos e grandes fortunas.

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

access_time 11/02/2020 - 09:25
format_align_left 3 minutos de leitura

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), quer evitar contaminação da reforma tributária pela proposta de taxar dividendos e grandes fortunas. Ele disse que nunca tratou do assunto com parlamentares no âmbito da reforma, e que nem o fará mais à frente (https://glo.bo/2SAfmwv).

Ainda sobre os bastidores da negociação da reforma, um grupo de empresários a favor de uma nova-CPMF resiste ao bloqueio sobre o tema dentro do governo e insiste em buscar proximidade com Rodrigo Maia (http://bit.ly/3bpNuno). O maestro das reformas tem sofrido assédio também de outros setores que se articulam para acelerar a reforma e defender pontos de interesse .

O calendário cheio do presidente da Câmara ainda inclui as aprovações da autonomia do Banco Central e da nova lei de câmbio até março (https://glo.bo/2OLhwIt).

Continua a polêmica sobre o adjetivo usado por Paulo Guedes para se referir aos servidores públicos, o ministro da Economia já se desculpou e as entidades que representam a classe buscam responsabilizá-lo (http://bit.ly/2Sz257s).

O episódio terá como efeito prático, no máximo, contribuir para eventual novo adiamento do envio da proposta de reforma administrativa. Maia repreendeu Guedes, mas ressaltou na mesma fala a importância de rever os privilégios da categoria (http://bit.ly/37ndSeA).

Bastidores de Brasília
Governadores se reúnem hoje (11) em Brasília para discutir, entre outros assuntos, o preço da gasolina. O tema foi posto no holofote quando o presidente Jair Bolsonaro desafiou governadores a zerar o ICMS cobrado no produto.

Os chefes estaduais devem tirar, no encontro, uma defesa contra a declaração de Bolsonaro. Estão confirmados representantes de todos os estados hoje, menos Alagoas.

Ontem, em reunião entre secretários de Fazenda, houve um entendimento de que qualquer mudança na tributação de combustíveis deve ser feita em meio à reforma tributária, e não de maneira separada.

Internacional

Hoje acontece a segunda primária democrata no estado de New Hampshire. Após o imbróglio com os resultados em Iowa, o evento ganha significância na corrida e pode ter maior peso que em anos anteriores. Destacamos que Bernie Sanders é o líder das pesquisas, com cerca de 27% da intenção de voto, seguido por Pete Buttigieg (21%), Elizabeth Warren, Joe Biden e Amy Klobuchar todos com cerca de 11-12% (https://53eig.ht/2SyeDfq e http://bit.ly/2SfESYQ).

Vale lembrar também que Joe Biden perdeu bastante apoio no estado nas últimas semanas, mas já não era o favorito em New Hampshire. (http://bit.ly/2FoRvtF e https://53eig.ht/36uqEHB).

Sucessora de Angela Merkel, Annegret Kramp-Karrenbauer, foi derrubada por alinhamento da CDU com direita radical. (http://bit.ly/2UGydZr e http://bit.ly/2OI0Z8a).

Coronavírus: segundo o WHO já são 40.554 casos confirmados no mundo e 910 mortes (http://bit.ly/2Shh6vG). Já a Comissão Nacional de Saúde da China aponta 42.638 casos e 1.016 mortes só no país asiático (https://bloom.bg/2SgIJ87). Destacamos também que a taxa de mortalidade estimada do vírus é de 1% (https://bloom.bg/31NPeSX).

Curtas:
Cabral delatou a esposa, Adriana Ancelmo (http://bit.ly/38gXPQt).

O governo planeja vender R$ 3 bilhões em imóveis da União em 2020. A meta era alcançar R$ 1 bilhão em 2019, mas resolveu esperar por um melhor momento do mercado (http://bit.ly/38gXPQt).

A Procuradoria-Geral da República protocolou no Supremo denúncia contra o senador Ciro Nogueira (Progressistas), acusado de receber R$ 7,3 milhões em propina. O caso é sustentado por informações da delação da Odebrecht (http://bit.ly/37gGohF).

Hoje é o 408º dia do governo Jair Bolsonaro.
Faltam 237 dias para as eleições municipais.
Faltam 267 dias para as eleições nos EUA.

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins da Instrução CVM nº 598, de 3 de maio de 2018. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

Receba nosso conteúdo por e-mail

Receba resumos diários, semanais e mensais e fique sempre bem informado sobre nossas análises, relatórios e recomendações de investimentos.

Clique para se cadastrar