🌎 Mundo em 60 segundos: Tsunami de dívida global

Panorama semanal, análises de cenário internacional e ações globais


Compartilhar:


O que aconteceu na semana: Com a piscina de dinheiro esvaziando, governo dos EUA avança em negociações para novo pacote de estímulos de mais de US$ 1tri, que deve incluir mais uma rodada de cheques de US$ 1,200 para cidadãos americanos. Na Europa, após meses, líderes chegaram a um consenso para aprovação de quase US$ 2tri em gastos para os próximos anos.

As piscinas de dinheiro já totalizam um mar de estímulos de US$ 18tri globalmente, e contribui para um oceano de US$ 258tri em dívida no mundo. E as preocupações de longo prazo fazem o ouro (+25% ano ano) bater máxima histórica e a prata também disparar valorização. Na Expert XP 2020, Damodaran (assista à gravação da live), o guru do valuation, discute o potencial para o ouro e criptomoedas. Com foco em dívida, Howard Marks alerta para os riscos da impressão de moeda e dos déficits públicos, assim como os riscos da Teoria Monetária Moderna, ressaltando que governos e economistas deveriam estar mais preocupados com as dívidas crescentes, estimulando, mesmo em tempos de prosperidade, o aumento dos déficits públicos.

No lado positivo, Oxford e AstraZeneca anunciaram os melhores resultados até então para vacina contra o coronavírus e governo americano já comprou 100 milhões de doses, com opção de compra de mais 500 milhões. No lado negativo, pedidos de auxílio desemprego aceleraram nos EUA e tensões China x Ocidente aumentaram.

Bolsas se mantiveram em território negativo, incluindo a China (-1%), que não conseguiu sustentar o otimismo das semanas anteriores. O dólar (-4%), cede em função do excesso de liquidez injetada, e o ouro (+5%), sobe pela função de reserva de valor e proteção estratégica.

Setores: Destaque para petróleo (+3% na semana) com notícias sobre aumento da demanda. O desempenho do ano continua liderado por tecnologia, comunicação, consumo discricionário (caem 1% na semana), setores estes que são sustentados pelas FAAMGs (não confundir com FAANGs). Rotação: Setores da economia antiga se mantêm em território neutro para positivo enquanto investidores buscam mais visibilidade antes de apostar nestes ativos.

Empresas: A economia antiga continua sofrendo: Victoria’s Secret decretou falência e Zara fechou mais de mil lojas. Já o setor de tecnologia puxa a atividade de fusões e aquisições: Amazon quer 10% da Reliance Retail, para expandir sua fatia atual de 4% do varejo americano. E na China? ByteDance, dona do TikTok, corre risco no ocidente caso não desvincule o negócio (avaliado em US$ 100bi) da Chinao que fortaleceo lançamento do Instagram Reels pelo Facebook.

Temporada de resultados do 2T20 nos EUA: 30% do S&P 500 já divulgou resultados, com lucro agregado excedendo em 15% as expectativas do mercado, e quase 80% das empresas batendo projeções que já estavam rebaixadas. Mercado ainda espera contração total de 42% nos lucros e 11% nas receitas. Tecnologia teve surpresas positivas e temas como cloud e software como serviço continuam com ventos de popa.

Quem foi mal? American Airlines corre risco de demitir 25 mil funcionários e ~35% das ações estão em posições vendidas; Twitter demonstrou dificuldade em monetizar a base e tem problemas de segurança. Quem foi bem? Nuveme videogames: Microsoft Azure e Xbox faturaram 50% e 65% a mais e Sony elevou em 50% a produção do PlayStation 5. Quem foi muito bem? Tesla, que entregou 4º trimestre consecutivo de lucro e pode disputar vaga no índice S&P 500 e no acrônimo das FAAMGs.

Bom fim de semana!

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM