Mundo em 60 segundos: Caçando barganhas

Panorama semanal, análises de cenário internacional e ações globais


Compartilhar:


O índice S&P 500 da bolsa americana cai 6% no ano enquanto o índice Nasdaq 100, focado em tecnologia, sobe 9%. Durante 12 anos, as empresas de alto crescimento, como as gigantes de tecnologia americanas, tem tido desempenho superior às empresas da economia tradicional, como bancos e industriais. Mas essa semana foi diferente: as empresas da economia tradicional, agora de valor descontado, tiveram desempenho 3x melhor do que as de crescimento.

Por quê? Mais visibilidade sobre reabertura econômica significa mais clareza sobre fluxo de caixa das empresas que sofreram mais durante a crise, como empresas de cruzeirosRoyal Caribbean Norwegian Cruise que sobem 115% e 95% desde o fundo do mercado. O resultado positivo da semana foi liderado pela setor financeiroindustrial imobiliário, e o ajuste poderá continuar até que se chegue mais perto do equilíbrio pré-crise entre os dois grupos.

Na 2ª temporadada guerra comercial, China aprova lei para ter maior controle sobre Hong Kong e os EUA respondem removendo status especial que a cidade possui desde 1997, o que significa mais tarifas. Alem disso, Xi Jinping afirmou que militares devem estar bem preparados para uma guerra, citando “ameaça à segurança” por parte dos movimentos pró-democracia em Hong Kong e pró-independência em Taiwan, dado que os EUA apoia ambos.

Por quê Europa sofre mais que EUA com guerra comercial? 70% das receitas das companhias americanas vem do mercado doméstico (em linha com países emergentes) e apenas 5% da China, enquanto a Europa é a economia desenvolvida mais dependente do mercado externo (53%), sendo que 8% das receitas vêm da China e 20% dos EUA. O que fazer? Novo plano de US$ 2tri da União Europeia deverá ajudar os já problematicos PIGSPortugal, Itália, Grécia e Espanha (para sorte da França, ela não cabe no acrônimo).

Outra preocupação: Censura nos EUA. Após ter tweet censurado, Trump assinou decreto para investigação de censura seletiva praticada pelas redes sociais como TwitterFacebook Google que poderá resultar na remoção do status de plataformas neutras. O tema de regulação pesa sobre as ações do setor.

Outra preocupação 2: Politica. Extremista de esquerda Elizabeth Warren é cotada para ser a vice-presidente de Biden para disputar as eleições presidenciais nos EUA em novembro, enquanto se desenvolve o que vem sendo chamado de Obamagate – uma “investigação sobre quem investigou” Trump na campanha de 2016, centrada no nome do ex-presidente Obama.

Tendência: Intensificação de monopólios e oligopólios: Os resultados do IT20 mostraram que as 100 maiores empresas da Nasdaq cresceram lucros em média 9% enquanto as 500 maiores empresas da bolsa americana encolheram lucro em média 42%. Mais um passo em direção a consolidação de mercado. Quem não percebeu, se deu mal: Carl Icahn perdeu US$ 2 bi em ações da Hertz após empresa declarar falência.

Por falar em falências, o índice Russel 2000, de pequenas empresas nos EUA, deve perder 95% dos lucros no 2T20, e 35% das empresas deverão ter prejuízo. No S&P 500 (500 maiores empresas) esses números são de 42% e 15%, respectivamente. A expectativa de dívida líquida do Russel 2000 para os próximos 12 meses cresce de US$ 700bi para US$ 2tri (+190%). Se os EUA, que já imprimiram 2,5x o PIB brasileiro em moeda, estão sofrendo, mercados emergentes verão ainda mais falência e desemprego.

Mas nada é capaz de frear a caça por ativos de risco: O S&P 500 que chegou a cair 31% no ano, já subiu 35% desde a baixa, e o Russel 2000 que caiu 40%, já voltou 43%Por quê? Taxas de juros baixas ou negativas, estímulos econômicos, e o medo de perder a recuperação (FOMO – fear of missing out) faz os investidores comprarem até empresas que nunca deram lucro em sua história, como o Uber (+130% desde o fundo) e que ainda deve enfrentar mais competição no longo prazo com entrada da Amazon (via Zoox) no mercado de veículos autônomos, que é liderado pela Tesla Waymo (Google).

“Mas o livro diz que imprimir dinheiro desvaloriza a moeda.” Sim. Os mesmos US$ 35 que compravam uma onça de ouro (~28 gramas) em 1970, hoje compram apenas 0,5g, e é por isso que tantos investidores vêm aumentando a exposição a ouro (+515% nas últimas duas décadas). Crispin Odey, gestor de US$5 bi, considera a possibilidade de que governos tornem ilegal a posse individual de ouro caso percam o controle de suas moedas e aumentou a posição na commodity de 16% para 40%.

Esperança: Efeito deflacionário da tecnologia e mercados cada vez mais competitivos. HBO Max (US$ 15/mês) lançou nos EUA para bater de frente com Netflix (US$ 13), Disney+ (US$ 7) e Amazon Prime (US$ 7). Juntas, essas assinaturas custam 50% do preço médio de uma TV a caboApple passa a fabricar iPhones mais baratos (US$ 400 vs US$ 700) para entrar na Índia e Tesla deve lançar Modelo 3 com preço 11% abaixo do anterior para vender mais na China. Quem ganha? O consumidor. Quem perde? A inflação.

conteudos.xpi.com.br/internacional

@ggiserman

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM