COE Autocallable XP, NASDAQ, MarketAxess e Stone – 5 anos – Obs. TRIM

access_time 08/02/2020 - 17:56
format_align_left 7 minutos de leitura

Exposição à fintechs, líderes em seus segmentos

Fintech? São startups ou grandes empresas que começaram como projetos embrionários, e que trabalham para inovar e otimizar serviços do sistema financeiro. Geralmente, apresentam uma estrutura de custos mais simples quando comparadas aos bancos tradicionais.

Vantagens

  • Possiblidade de encerramento antecipado a cada 3 meses, com pagamento de cupom acumulado
  • Ações não precisam subir, basta estarem estáveis para que haja pagamento de cupom e encerramento

Conheça mais sobre as empresas

Atuando no mercado desde 2001, atualmente a XP é a principal plataforma de investimentos e serviços financeiros do Brasil. Com mais de 1,7mi de clientes e R$ 410bi de ativos sob custódia, atua no varejo como shopping financeiro (70% de suas receitas), disponibilizando mais de 600 produtos de investimentos diferentes.

Sua plataforma aberta que oferece produtos de outras casas, menores custos, assessoria personalizada e conteúdo gratuito sobre investimentos destacam-se como principais diferenciais frente as corretoras dos bancos tradicionais. Oferece soluções em todas as classes de ativos, como renda fixa, ações, fundos de investimento, derivativos, moedas, previdência, além de oferecer outros tipos de produtos e serviços como seguros. Adicionalmente, no mundo institucional desempenha a atividade de gestão de recursos de terceiros, além de prover serviços de aconselhamento financeiro em operações de fusões, aquisições e emissão de dívida no mercado de capitais.

Recentemente, a XP entrou para o grupo de grandes empresas de tecnologia financeira listadas na bolsa eletrônica Nasdaq, com capitalização de mercado em torno de US$ 19bi, sendo que atualmente está próximo de US$ 21bi.

O inédito cenário atual de juros mais baixos por mais tempo alimenta o apetite dos investidores por alternativas de investimento mais sofisticadas, indicando que a poupança parece cada vez mais ficar no passado. Como exemplo para o mercado, a XP tornou-se o maio canal de distribuição de fundos de investimentos de gestores de recursos independentes, mediante seu formato de negócio disruptivo e de tecnologia escalável. Assim, o grupo mantém-se posicionado para continuar ganhando relevante participação de mercado, atualmente próximo de R$ 7,7 trilhões, impulsionados por uma combinação de oferta mais ampla de produtos, maior satisfação dos clientes e positivo reconhecimento da marca.

NASDAQ

Desde 1971, a Bolsa eletrônica Nasdaq nos Estados Unidos fornece serviços de negociação, compensação, listagem de valores mobiliários, dentre outros serviços financeiros. Quando foi listada em 2002, sua capitalização de mercado era de US$ 1bi, sendo que atualmente está próximo de US$ 19bi.

Como criadora do primeiro mercado de ações eletrônico do mundo, sua tecnologia alimenta mais de 70 mercados em 50 países e 1 em cada 10 das transações de valores mobiliários do mundo. A Nasdaq abriga mais de 3.500 empresas listadas com um valor de mercado superior a US $ 9 trilhões e mais de 10.000 clientes corporativos. Continua a ser conhecida como a bolsa do futuro, pois dentre as empresas que abriga, estão presentes gigantes do setor de tecnologia, como as FAANGs – Facebook, Apple, Amazon, Netflix e Google.

Como foco no mercado americano, a listagem de empresas e serviços para acesso dos investidores à bolsa representam 24% de suas receitas, promoção de base de dados 24%, enquanto negociações de valores mobiliários (trading) 35% – através de diversos instrumentos além de ações, como opções, futuros, derivativos, commodities e produtos estruturados.

No longo prazo, o crescimento das receitas segue diversificado, além de listagem de empresas e trading, mediante as aquisições de outras linhas de negócios e bolsas nos últimos anos, como Thomson Reuters Solutions, ISE e Cinnober. A Nasdaq está bem posicionada para continuar crescendo de 4 a 8% a.a. nos próximos anos, com destaque para seu foco em serviços que apresentam recorrência quanto a cobrança, o que ajuda na diversificando de receitas, gestão de custos e consequente margens sustentáveis.

MARKETAXESS

A classe de ativos de renda fixa no mundo ainda depende muito de operações em mercado de balcão, ambiente que permite a realização de operações que não são registradas na Bolsa. Desde 2000, a MarketAxess representa o futuro deste mercado, pois provê uma plataforma eletrônica para investidores negociarem títulos corporativos e públicos, tanto de mercados desenvolvidos quando emergentes, nos EUA e Europa. Negociações de valores mobiliário (trading) representa 90% de suas receitas, enquanto promoção de base de dados 7%. Embora não seja tão conhecida aqui no Brasil, a MarketAxess já faz parte da composição do índice S&P500. Sua capitalização de mercado está próximo de US$ 13bi, sendo que foi lista pelo valor próximo de US$ 463mi.

O grupo desenvolve tecnologia que fornece serviços de formação de preços e execução de ordens tanto para corretoras e investidores institucionais. Para se ter uma ideia de tamanho, enquanto a capitalização total do mercado ações nos EUA está próximo de US$ 30 trilhões, renda fixa ultrapassa os US$ 40 tri.

Desde a crise financeira vivida em 2008, mediante a bolha de preços de título muito acima do justo no setor imobiliário, o mercado de renda fixa tem evoluído para a execução de operações via plataformas eletrônicas de negociação. Seus principais competidores neste segmento são Bloomberg e Tradeweb Markets, além o fato de recentemente ter adquirido a LiquidyEdge, responsável por 5% do volume transacionado de títulos públicos nos EUA (US$ 16 trilhões). Em suma, esta fintech apresenta potencial para continuar apresentando crescimento de receitas próximo de 14% ao ano, enquanto que suas margens seguirão protegidas pelo pleno crescimento do mercado de títulos de renda fixa negociados em plataformas eletrônicas.

STONE

Originalmente brasileira e atuando na indústria de meios de pagamento desde 2012, fornece soluções de tecnologia financeira com foco no comércio eletrônico de loja físicas, online e móvel. Através de seus serviços de adquirência e por meio de máquinas de cartão, processa transações realizadas por cartões de crédito, débito e voucher, de diversas bandeiras. Quando foi listada em 2018, sua capitalização de mercado era de US$ 8bi, sendo que atualmente está próximo de US$ 11bi.

A Stone é uma fintech em pleno crescimento, com uma plataforma e sistema de pagamentos mais moderna do que seus principais competidores. Vale ressaltar que um de seus principais diferenciais é o fato de não apresentar estreito vínculo com os bancos tradicionais, como é o caso dos seus dois principais concorrentes, o que a possibilita oferecer de maneira mais efetiva o serviço de antecipação de recebíveis aos comerciantes.

Com 429 mil clientes ativos, sua plataforma aberta permite aos desenvolvedores e revendedores desenvolverem aplicativos para as lojas dos comerciantes através do sistemas da Stone, possibilitando que desenvolvedores adicionem funcionalidades inovadoras nas maquininhas. Caso o cenário se torne mais competitivo no segmento de adquirência, a Stone poderá vir a cobrar por essa tecnologia de sua plataforma aberta, assim como já ocorreu com grandes empresas de meios de pagamento nos EUA.

Em suma, esta fintech apresenta potencial para continuar apresentando crescimento de receitas próximo de 34% ao ano, enquanto que suas margens seguirão protegidas pelo pleno crescimento do mercado de meios de pagamento no Brasil.

Você já sabe o que é um COE?
Clique aqui para entender melhor: https://conteudos.xpi.com.br/coe/relatorios/saiba-como-funciona-o-coe/

Disclaimer:

Por conta da atividade de distribuição de COEs, a XP Investimentos recebe dos bancos emissores uma remuneração de no máximo 1,7% ao ano. Esta remuneração é recebida no momento da emissão do COE, independente do cliente manter o investimento até o vencimento.

ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É DESTINADO A CLIENTES COM PERFIL DE INVESTIMENTO MODERADO (VALOR NOMINAL PROTEGIDO) E AGRESSIVO (VALOR NOMINAL EM RISCO), SENDO ESTE O PÚBLICO A QUE SE DESTINA O PRESENTE MATERIAL. O EMISSOR DO COE SE RESERVA AO DIREITO DE CANCELAR A EMISSÃO OU ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO, CASO O VALOR MÍNIMO NÃO SEJA ATINGIDO OU HAJA ALTERAÇÃO NAS CONDIÇÕES DE MERCADO. ESTE DOCUMENTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS MELHORES PRÁTICAS DE MERCADO PELO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE NEGOCIAÇÃO DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS O RECEBIMENTO DOS PAGAMENTOS DESTE CERTIFICADO ESTÁ SUJEITO AO RISCO DE CRÉDITO DO SEU EMISSOR O COE É UM PRODUTO FINANCEIRO QUE NÃO CONTA COM GARANTIA DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. A PRESENTE OFERTA FOI DISPENSADA DE REGISTRO PELA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS – CVM. A DISTRIBUIÇÃO DE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE NÃO IMPLICA, POR PARTE DOS ÓRGÃOS REGULADORES, GARANTIA DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS OU DE ADEQUAÇÃO DO CERTIFICADO À LEGISLAÇÃO VIGENTE OU JULGAMENTO SOBRE A QUALIDADE DO COE, DO SEU EMISSOR OU DA INSTITUIÇÃO INTERMEDIÁRIA. LEIA O DOCUMENTO DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS ANTES DE APLICAR NESTE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS ESTE CERTIFICADO. NÃO SE TRATA DE INVESTIMENTO DIRETO NO ATIVO SUBJACENTE. O CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE é um produto complexo. ESSE MATERIAL NÃO DEVE SER CONSIDERADO MATERIAL PUBLICITÁRIO DO FUNDO E/OU DOS ATIVOS SUBJACENTES AQUI TRATADOS. TRATA-SE DE UM CONTEÚDO EDUCACIONAL SOBRE OS ATIVOS ADJACENTES, COM O OBJETIVO APENAS DE INFORMAR O INVESTIDOR SOBRE O MERCADO INTERNACIONAL, FUNDOS INTERNACIONAS E/OU INDÍCES. OS ATIVOS SUBJACENTES QUE CONSTAM DESTE MATERIAL NÃO SÃO DISTRIBUÍDOS PELA XP INVESTIMENTOS CCTVM S.A. Certifique-se da compreensão de todos os seus aspectos antes da decisão de investimento Este documento trata-se de material publicitário, elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A ("XP Investimentos" ou “XP”). O conteúdo disponibilizado não deve ser entendido como análise, consultoria, sugestão de investimento, recomendação de compra e venda, oferta de produtos ou serviços financeiros. Este material foi elaborado pela XP Investimentos e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598, de 6 de julho de 2010. As informações são válidas na data de sua publicação, qualquer informação contemplada neste material deve ser confirmada quanto às suas condições, previamente à conclusão de qualquer negócio Os investidores devem buscar aconselhamento profissional com relação aos aspectos tributários, regulatório e outros que sejam relevantes à sua condição específica, sendo que o presente material não foi elaborado com esta finalidade. A rentabilidade prevista ou passada não é garantia de rentabilidade futura Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações aqui divulgadas. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. É obrigatória a leitura do Documento de Informações Essenciais – DIE previamente à aquisição do COE, com especial atenção aos fatores de risco. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. Os custos das operações e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Corretora: www.xpi.com.br. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 20202. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

Receba nosso conteúdo por e-mail

Receba resumos diários, semanais e mensais e fique sempre bem informado sobre nossas análises, relatórios e recomendações de investimentos.

Clique para se cadastrar